Abaixo Assinado Preço Abusivo CPFL Campinas

Pessoal de Campinas e região e todo forum poderiam assinar esse abaixo assinado. Aqui em Campinas a empresa que tem a gestão de energia eletrica na cidade ja criou cerca de 12 eletro postos. Porém o que era R$1,00 real kw subiram do nada para R$2,50.

Abaixo o link:

Nos ajude a reivindicar nosso direito de consumidor por um preço justo!

Realmente enquanto não popularizar mais e ter mais concorrência vamos ficar na mão de gente gananciosa. Assinarei pra ajudar.

Assinem pessoal para ajudar!

Meus dois cents. A empresa cobra o quanto ela quiser. Se a margem for realmente tao boa, vai vir alguem e vai oferecer por menos. Simples assim.

Eu assinei, porem eu acredito no livre mercado… a empresa tem o direito de cobrar o quanto ela quiser(desde que não haja um cartel manipulando os preços ou no caso, um monopólio por falta de concorrência), do mesmo jeito que nós temos o direito de não utilizar os carregadores deles. Só tem 2 problemas, não tem concorrência e quem não tem opção de carregar em casa acaba sendo obrigado a pagar 2,50 por kw/H em um carregador semi-rapido(30kw)… Mas acho que logo eles abaixam o preço porque antes os carregadores sempre tinham fila, agora estão boa parte do tempo ociosos. Se não só aguardar alguma concorrência pra fazer os preços abaixarem.

1 curtida

Correto. Olha o mais engraçado é ter na cidade outras opcoes mais barata com energia fornecida por eles mesmo, vai entender…

Você fala dos pontos da decatlhon e do hotel Ibis? Na decatlhon só tem um gratuito limitado a 20Kw e deve estar com os dias contados. O do Ibis é AC de 22kw se não me engano, então com exceção do zoe que suporta os 22kw em AC, não tem muita vantagem em carregar lá.

O custo do Kw/H em casa ta na faixa dos R$0,89… Eles cobrarem R$1,00 acho muito barato pelo custo do equipamento, mas R$2,50 é muito caro… na minha opinião, até R$1,50 eu estou disposto a pagar eventualmente, pelo benefício de poder carregar mais rápido, mais do que isso prefiro carregar em casa mesmo.

Obs: uma carga completa do dolphin plus a 2,50 custaria R$150… pra rodar 400km em média. R$150 é +/- o custo de um tanque de etanol, que vai fazer +/- uns 400km tbm… praticamente acaba com o benefício financeiro do elétrico em relação ao combustível.

Não querendo atrapalhar, mas dando pitaco na discussão, já que todos fomos convidados a assinar…

Entendo que carregadores DC, mais rápidos, mais caros e prejudiciais quando usados como única forma de carregamento, têm um papel mais específico nesse mercado de carros elétricos. Não são para uso no dia a dia, mas para uso esporádico, principalmente emergencial ou em viagens, ou ainda por quem utiliza o carro para prestar serviços como Uber e outros aplicativos ou que ainda não possua carregador em casa por algum motivo.

Por isso faz sentido que o mercado precifique o produto mais caro do que o carregamento AC. Além da energia em si e do custo do equipamento (mutíssimo mais caro do que um carregador AC), se está pagando pelo tempo economizado no carregamento. Aí cabe ao próprio mercado dar resposta às empresas se esse valor de 2,50 é razoável, comprando o produto ou não. O fato de haver relatos de que em outras cidades é cobrado valor similar é indício de que o mercado tende a comprar nesse valor o suficiente para que o negócio prospere.

Há um outro custo envolvido também que é o de manutenção. Assim como esses equipamentos são mais caros para compra, também são mais caros para serem mantidos. E quanto mais barato a empresa cobrar, mais pessoas usam e maior a necessidade de manutenção.

Contudo, entendo que um abaixo-assinado como esse sirva muito mais para se chamar a atenção das pessoas para o preço cobrado de forma a desincentivar o uso para forçar as empresas a recalcularem o valor cobrado… Particularmente, tenho a vantagem de poder só carregar em casa, mas torço para que consigam forçar uma baixa nesses preços!

Exato. O ponto é esse. O problema é que essa empresa é ‘dona’ da energia e poderá criar um monopolio…

Eu não entendo ainda pq não se investe em infraestrutura nas estradas, hoje tenho medo de viajar mais longe, os lugares que quero ir tem carregadores no caminho, mas são bem poucos. Da medo de ir e quando chegar em algum ter fila. A BYD anunciou 600 carregadores pra grande são paulo, não entendo a grande necessidade de ter tanto carregador em lugares urbanos. Acho que o que mais pega pra quem ainda não compra Carro Elétrico é uma infra boa de carregadores rápidos na estrada.

Pessoal da região que já utilizaram os eletropostos da CPFL verifiquem o seu email de cadastro no app do serviço (inclusive lixo eletronico) recebi um email deles com titulo Inovação para responder uma pesquisa no google forms com varias perguntas sobre o serviço, uma dela era ate quanto você estaria disposto a pagar pelo serviço.

=]

Eai? Até quanto você está disposto a pagar? rsrs

Tá parecendo Casas Bahia esse formulário… Quer pagar quanto?!?

Eu prefiro pagar quanto quiserem para gerar interesse em instalar carregadores e em pouco tempo ter mais empresas instalando para criar competição. Fazer abaixo assinado é incentivar as empresas a não entrarem nisso simplesmente para evitar stress desnecessário.

1 curtida

Acho que 2,50 é carro mas está na faixa do Shell Recharge que é 2,15.
Então não vejo preço abusivo.
O 1,00 que estava barato.

Mas anyway eu tenho 1 ano de recarga grátis no Shell Recharge da compra do Dolphin Mini. Eu não uso geralmente (carrego em casa, vou no Shell só gastar alguma coisa para jogar fora o benefício). Posso passar um mês de carga para alguém que quiser pela metade do preço caso precisem (tenho até um anuncio disso, vou atualizar lá).

Ja obtive retorno da CPFL e nesse mes de Maio foi um teste para ver adesão ao valor novo de R$2,50. Tiveram bastante reclamações e o uso dos eletropostos caiu. Fizeram uma pesquisa com os usuarios via google forms e para o mês que vem prometeram abaixar a tarifa. Previsâo entre R$1,50 a R$2,00 reais, prometeram também mais pontos na cidade e com melhor estrutura/ escolha dos locais. Vamos ver no que vai dar.