Abaixo Assinado - Retirar o carro elétrico do imposto do pecado

Foi retirada as armas e incluído o carro elétrico alegando que a linha de produção e o descartes da bateria são prejudiciais para a vida e o meio ambiente… :unamused::unamused::unamused:

Segue as últimas notícias:

1 curtida

Ahhh o nosso congresso. Sempre muito inventivo

Chega a ser criminoso o que estão tentando fazer. É muita baixaria.

Já viram que quem manda são os deputados. Precisamos escolher melhor os nossos representantes

2 curtidas

Assinado. Que bizarrice

De imediato, as montadoras são as grandes beneficiadas por esse PL do Pecado que inclui o carro elétrico, junto com produtos que realmente fazem mal para saúde. O objetivo real desse PL é apenas proteger os lucros das montadoras que não querem investir em novas tecnologias. O carro híbrido é apenas uma cortina de fumaça para despistar a real intenção deles que é manter o status core. Manter os lucros. O lobby está correndo solto. Lobby, no caso, leia-se vultosas doações para financiamento de campanhas políticas daqueles que estão manipulando esse PL. Mas, não são apenas as montadoras as beneficiárias. As petroleiras estão por de trás de tudo isso. Elas sim são as maiores beneficiadas. E como elas são os maiores acionistas das montadoras, então elas estão defendendo seus interesses via montadoras. Ou seja, ninguém está preocupado com a crise climática global.

O pior que isso é mundial, algo bem decepcionante.

Por anos EUA e Europa ficaram falando de aquecimento global e o impacto dos carros a combustão. Eram só elegios ao carro elétrico, pelo menos enquanto a Tesla e algumas Europeias tinham seus modelos no mercado sem muita competição.

Mas bastou a China aparecer com carros muito bons e a preços impossíveis para essa turma, que o carro elétrico virou persona non grata. O que tem de “estudos” recentes, principalmente dos EUA, falando mal do elétrico não tá no gibi. Fora as taxas e impostos para dificultar a entrada desses modelos chineses que poderiam ajudar muito na transição energética.

Só um parênteses: pra mostrar como os EUA estão apavorados com a China, a A Aliança para a Manufatura Americana escreveu um artigo onde diz:

A introdução de automóveis chineses baratos no mercado americano pode acabar sendo um evento de extinção para o setor automobilístico dos EUA, que é uma indústria essencial no país.

Fonte: On a Collision Course: China's Existential Threat to America's Auto Industry and its Route Through Mexico - Alliance for American Manufacturing

5 curtidas