Acuracidade do velocímetro e o que isso significa para nós

É um hábito meu tentar passar a velocidade constante nestes radares com display da velocidade para comparar a leitura do meu velocímetro com a publicada pelo radar, e na maioria das vezes coincidem, ou o velocímetro fica no máx. 1 km/h acima, em todos os carros com velocímetro digital que tive.

Pois com o golfinho eu tenho reparado o velocímetro 2 - 4 km/h acima do radar. É muito, um carro bom geralmente tem distorção entre 2 e 4 km/h a 100 km/h, aqui estamos falando na mesa distorção absoluta a 40 km/h!!

Para engrossar o caldo, meu carro chegou nos 2.000 km de amaciamento. O que deveria ser uma comemoração na verdade virou uma preocupação: como andei tanto com um carro que não tem um mês e meio? Será que na verdade rodei menos, já que o velocímetro - e por coincidência o odômetro - estão com este vício?

É muito “conveniente” que isso ocorra, quando se pensa que todas as medições de autonomia serão baseadas no odômetro interno do carro - que eu saiba, nem a 4Rodas fica andando com aquele aparelho de rodinha atrás do carro por 300, 400km para medir a autonomia exata.

Hummmm

E qual é a sua experiência com a aferição do velocímetro / odômetro?

Entre 5 a 10% a mais no velocímetro acho ok. Dificilmente vai ganhar uma multa se seguir o velocímetro. Por curiosidade, o velocímetro do Car Scanner mostra a leitura real da velocidade (mais baixa q o painel), portanto o velocímetro do painel tem aquela margem de segurança tradicional, mas o carro sabe qual é a velocidade medida mais precisamente.

Vc rodou muito porque… rodou muito :grinning: Basta usar um Waze ou Google Maps da vida que vc pegaria facilmente qualquer distorção na quilometragem.

1 curtida

Minha base da velocidade real sempre utilizo o googlemaps ou Waze eles são minha referência

Permitam-me discordar. Julio, 10% é muito, é inaceitável e eu nunca vi um carro que marcasse 100 e estivesse fazendo 90. Os piores carros que já vi não chegavam nem em 5%, deviam fazer 96, 97 ao marcar 100. Não há razão para essa disparidade, mesmo que isso signifique menor chance de multa. Eu não preciso de ninguém para me “enganar” enquanto eu dirijo, mesmo que pelo “meu bem”. E conheço meu padrão, ando um pouco a mais com o BYD que com o Golf por conta do rodízio, mas não devo ter chegado a 1.200km por mês. Nem estrada peguei ainda…

Marcelo, existe muita latência na medição de velocidade pelo GPS, o sinal tem que subir e descer do satélite (quase 1 segundo aí), ser processado, etc. Então a velocidade lida não é a instantânea mesmo. Sem contar com a imprecisão da localização por GPS, já que não usamos o padrão militar.

Fiz um teste hoje.

Velocímetro Painel: 40 km/h
Velocímetro Car Scanner: 36 km/h
Waze: 36 km/h
Radar: 36 km/h

Também comparei a velocidade do painel com o Car Scanner:

Até 40 km/h o algoritmo acrescenta 11,111% a velocidade real, depois disso limita a 4 km/h.

Quanto a sua dúvida se o carro marcou 800 km a mais rodados em um mês, sugiro que procure uma concessionária, o meu marca a quilometragem corretamente.

4 curtidas

Sobre o velocímetro tbm noto que fica 4 a 5 km a mais do que a velocidade real, mas isso a partir dos 40 e é um valor fixo. Tinha esse mesmo comportamento no meu ultimo carro.
Agora sobre os KMs rodados, interessante que tive essa mesma sensação! Cheguei essa semana nos 2k rodando exatamente 1 mes. Mas tenho praticamente certeza de que não rodei tanto assim. Enfim, vamos acompanhando pra ver.

1 curtida

Acho que os radas tem um diferença de 10%, margem de erro

Muito interessante, parabéns pelo espírito cientista de ir atrás de hipóteses com dados :clap:. Fica o questionamento se o odômetro segue o mesmo algoritmo que o velocímetro…

Eu não quis dizer 800km a mais, não fui claro. Rodei 1 mês e meio, o que daria uns 1.300km por mês, acima da minha média de uns 1.000km. E no começo usava o Dolphin só parcialmente, alternando com o outro carro da família. Sei lá.

1 curtida

@Truc_dp na dúvida, meça. Por exemplo, trace uma rota pelo Waze e vá conferindo se a quilometragem bate com o carro.

Acho que um jeito fácil seria alguém q tem 2 carros fazer um teste de 10km. Zerar 1 dos trips, fazer um passeio so pra rodar mesmo e depois repetir o processo com o outro veiculo.

1 curtida

No meu primeiro dia com o carro precisei fazer uma viagem de aproximadamente 500km, ao final da viagem o odometro total do carro estava em linha com esse valor.

1 curtida

Boa noite, já rodei 3.500km com meu Dolphin Plus e sempre bate a distância percorrida na qual estou acostumado. Se estiver acontecendo algo com vc acredito ser pontual.

Sempre reparei isso tbm, aqui em BH onde moro, alguns radares mostram a velocidade capturada, mas tanto no dolphin quanto nos outros carros que ja tive, o velocímetro do carro sempre foi maior do que o acusado no radar, de 2 a 5km a mais, no dolphon varia entre 2 e 4km, porem eu sempre ando com o waze ligado, e configurado para mostrar tanto a velocidade de cruzeiro quanto a velocidade da via, e a velocidade acusada no wase sempre é a velocidade exata que o radar acusa. Entao por segurança melhor se orientar pelo waze. é 100% do que o radar lê.

Só acrescentando que o velocimetro sempre marca mais do que a velocidade real, por conta da transformação da velocidade angular(RPM) das rodas em velocidade linear (km/h). Alem disso o pneu não faz um circulo perfeito, sofrendo deformidades conforme o peso do veiculo e a força centrifuga da rotação. Isso vale pra todos os carros, não é exclusivo dos veículos elétricos e dos velocímetros digitais. Por conta do erro dos velocimetros, no brasil, os radares tem uma tolerância para aplicar a multa, sendo 7km/h para limite de até 100 km/h. E acima de 100km/h a tolerância é 7% então numa rodovia de limite 120km/h, com a tolerância poderia passar até 128km/h.

Vale lembrar ainda que o diâmetro dos pneus influencia na medida do velocímetro e que isso muda conforme vai havendo desgaste. São vários milímetros de diferença entre um pneu novo e um perto da hora da troca. Não é tão relevante comparado com o diâmetro total, mas é mais um fator a considerar.