Consumo e Autonomia Dolphin Plus

Pessoal, tô meio frustrado com a autonomia da Dolphin Plus, nessa primeira recarga de 100% para 22% de bateria, só consegui andar 220km, o tempo todo bem tranquilo, sem pisar, só no modo Eco e regeneração high

Estava o tempo todo com ar condicionado pelo menos no 5 devido ao calor extenuante… mas não acredito que essa seja a maior causa…

Vi muitos vídeos de pessoas fazendo mais de 300 no dolphin normal … daí pega um plus com Bateria maior… e a autonomia fica menor…

Como está sendo a experiência de vocês??

Já passei dos1500 km rodados no meu. Depois confirmo como está o consumo acumulado, mas do que eu me lembre está em torno de 15 kWh / 100 km . Como a bateria do Dolphin tem capacidade em torno de 60 kWh , a minha autonomia em ciclo misto, trafegando na cidade de Campinas e rodovias adjacentes ( Anhanguera, Bandeirantes , Dom Pedro etc) com o ar ajustado de modo compatível com o calor extremo e conduzindo de forma econômica, minha autonomia projetada está girando em torno de 400 km , mais próximo do WLTP do que da autonomia divulgada pelo Inmetro.

Esse final de semana passado fiz uma viajem de 120km por perna, rodei 270 kms, ida passeios e volta, e ainda fiquei com uma autonomia restante de 127km, 31% de bateria,
397 km de autonomia total . Usei aproximadamente 80% com o ar ligado. Meu carro estava com 599km, ainda amaciando.

Obrigado pelo feedback, gostaria de propor um teste, andem de 100% para 20% para ver quantos km vai rodar, e checar os km restantes e a média de consultório em kW/100 nos últimos 50km

Animam?

Ja da para se falar que com quase 1600 km rodados ja me deparei com todo tipo de circunstancia. Media de 14.3 kwh / 100 km. Isso da uma autonomia estimada de 423km , muito proximo dos 427 km divulgados pela BYD em ciclo WLTP. Mas eu dirigo de maneira extremamente tranquila, a esmagadora maioria dos outros motoristas sao bem mais ansiosos e nao vão chegar a essa autonomia.

2 curtidas

Eu estou chegando nos 1000 km agora, média de 16 a 17k :frowning: mas estou bem fora da minha rotina. Peguei o carro no primeiro dia de férias e estou andando muito pouco na verdade na cidade. Quase todas as minhas viagens foram para cidades vizinhas e praias, pegando transito e com ar ligado sempre em 22ºC.
Vamos ver como vai ser o comportamento real quando voltar ao trabalho e dias menos quentes se tornarem comuns.

O meu é o GS e passei pela mesma situação, vou te tranquilizar, a questão que a bateria tem 104 células e elas vem bem desbalanceadas e o que define a autonomia é a célula mais baixa, se uma estiver com 20% e a outra com 5%, vai informar 5% de carga pois a BMS(que controla a bateria) vai proteger a célula mais baixa baseando a autonomia nela, no decorrer dos carregamentos a BMS vai equalizando todas as células, daí os 2000km pra amaciar as baterias, pois esse processo é lento. Caso queira adiantar ele, basta colocar um carregador de 2kw por exemplo que daí vai dar mais tempo pra equalizacao delas pois o processo só ocorre ao carregar(balanceamento passivo).

E foi exatamente o que fiz, coloquei 10A de potência em um carregador portátil regulável que comprei, foram 15h carregando e de cara já saiu dos 240km com uma carga pra 280km. Espero melhorar ainda mais, pois como uso pouco demora pra precisar carregar.

Tem carros que as baterias vêm mais equalizadas e já saem com uma boa autonomia e não precisam tanto.

Lembrando que não estou incentivando a não respeitar o periodo de amaciamento, só estou comentando uma das funções dele.

Depois volta aqui pra contar se melhorou.

1 curtida

Então no meu pode ser que o problema seja essa questão de balanceamento, mesmo mantendo consumo baixo dos 15kw/100km, que no projetado seria uns 400 km com 60kw, nunca consigo chegar nem perto disso, quando chega os 25%, onde o esperado seria uns 300km, sempre estou em 250km, sabe dizer se fazer a descarga até 10% também auxilia nesse balanceamento ??

Pode ser BMS descalibrado. Recarregar com carga baixa de 10% ajuda na equalização das células e calibração do BMS.

1 curtida

Obrigado @julio pela ajuda, vou fazer isso nessa próxima!

Na estrada fiz 400km de autonomia.
Na cidade começou com 350km e agora está em 370km.
A cidade é BH que tem muito morro.

400 km de autonomia na estrada é muita coisa. Qual velocidade média você andou e o relevo do trajeto?

E foi até quantos % de bateria?

Fiz uma viagem de Olímpia-SP pra Campinas - SP, com um pequeno desvio em araraquara pra deixar um casal de amigos.
Percurso total: 348Km
Saí com 98% de bateria(estava 100%, mas deixei o ar do carro gelando o carro um tempo antes de sair, ai inventaram de tomar café e demorou bastante). Mas vou considerar 100%.
Parei no graal de sao carlos pra recarregar e usar o banheiro com 40% restante, carreguei até 71% em 18 minutos e parti pra campinas. Cheguei em campinas com 35% de Bateria.
100% - 40% = 60%
71% - 35% = 36%
Considerando que o gasto da bateria seja linear independente da porcentagem de carga(não sei se ela se comporta assim, nos celulares eu tenho a impressão que quando está com a carga cheia, a porcentagem da bateria abaixa mais rapido do que quando está com menos bateria, mas pode ser só impressão)… eu teria gasto 96% pra rodar 348km e teria chego em campinas só com 4%.
Andei sem me preocupar com consumo, na média andei sempre perto do limite de velocidade da via. Ar condicionado em 22°C, velocidade da ventoinha em automático o percurso inteiro. Viajei de noite então não estava muito quente, entre 28 e 25°C.

1 curtida

A minha média acumulada está em 10,8 kWh/100km. Dolphin GS quase 12.000 km rodados.

BSB → BH
Viagem de 700km

Desde que peguei o golfinho, a cada recarga ele colocava autonomia de 509km (que rapidamente despenca nos primeiros km). Depois de 2.000km, agora a autonomia inicial fica em 503km. Em ambos os casos, o app registra 490k de autonomia depois que carrega.

Minha hipótese é que ele sai de fábrica com esse valor altíssimo (bem maior que o NEDC até), e com o tempo a autonomia pós-recarga vai convergindo para um valor mais realista, através de um algoritmo lento. Pior hipótese: bateria perdendo um pouco da capacidade.

O pessoal que roda há mais tempo tb teve essa redução? Alguém sabe o que é, com certeza? E por que o app fixa a autonomia inicial em um valor diferente do apresentado no painel de instrumentos?

Depois da uma olhada no modo de exibição de autonomia que fica na aba “energia” no “gerenciador de energia” o padrão sempre vai mostrar 490 e creio que é o que aparece no app, o dinâmico é baseado no seu modo de direção

1 curtida

Consumo médio geral de 12,7 kw para 100km, 470km de autonomia por carga.

Peguei o meu Dolphin Plus no dia 29/1. Já andei 1000 km. Estou muito satisfeito com a autonomia nestes primeiros dias. Está próximo aos 500 km! Ando no DF, em pistas relativamente planas, faço bastante trajetos onde há uma velocidade mais ou menos constante entre 60 e 80km.

1 curtida