Autonomia real do DOLPHIN GS

Na pratica, o modo STANDARD e ECO é mais econômico porque o carro fica mais solto. No final das contas, deixar o carro rolar é sempre mais eficiente que regenerar.

2 curtidas

E estes créditos voc6e só pode usar no mesmo imóvel que está gerando.
Coloquei outros dois imóveis e só vale para o que sobrar no mesmo mês.
Achei absurdo.

Eu não verifiquei quantos Km rodei com 100% de carga. Mas fiz duas viagens, de Campinas para Guarujá, uma não usando o controle de cruzeiro. E outra usando o controle de cruzeiro. E usando o consumo foi bem menor. Realmente usar o controle de cruzeiro na estrada ajuda bastante na economia. Mas um aviso, se pegar uma ladeira muito íngreme ou passar ou um buraco, o controle de cruzeiro pode sair. Daí é só apertar o botão RES e ele volta. Aqui um video explicando como usar o controle de cruzeiro. https://youtu.be/-eXWKDm36r4?si=qDRw8_g-iG49Br2e

O ar condicionado não precisa tá desligado para economizar significamente. O item 2 é o mais importante, “pé leve”. E lógico o item 5.

Sou de Brasília e não pego muito trânsito, normalmente pista livre.
Consigo consistentemente 400km estimado, mas não tenho certeza porque sempre carrego quando a bateria está abaixo de 50%. Hoje mesmo vou carregar.


1 curtida

Uso LARGE e SPORT, mas tenho pé leve e estou minha estimativa é que eu estou conseguindo fazer entre 350 e 380 na cidade sem problema ou preocupação. Na estrada ainda estou tentando compreender como devo me organizar e estou estimando por volta de 300km se não pegar algum trecho longo de serra em aclive.

Sou de Curitiba e dificilmente passei dos 320km rodando 100% na cidade.

Rodo com pé leve no standard e ECO.

Um ponto que imagino que possa influenciar é que 90% do tempo estou com 4 passageiros (2 adultos e 2 crianças).

Alguém de Curitiba fazendo uma média melhor?

Moro em Fortaleza e carrego sempre com 20./. e nao consigo mais do que 230 km.
Meu Dolphin GS esta com 4200 km e fico impressionado com a performance que alguns conseguem.
Dirijo com media de velocidade baixa ( maximo 50 km) e a cidade é quase totalmente plana.
Alguma dica para melhorar a performance ?

1 curtida

Essa recarga foi carga rápida??

Tem algo muito errado, consigo sempre autonomia próximo a 400km. O mínimo que consegui foi 360km. O meu também está com 4000km, carrego sempre em 16A, não me preocupo com o tempo da recarga.

eu moro no interior do rio, região serrana, fui ja 2x com o meu dolphin GS para o rio de janeiro, tive a impressão de que o carro consumia menos ao nivel do mar, não sei se é viajem da minha cabeça, outra coisa que eu percebi nitidamente que influencia é a temperatura local, nos dias “frios” (24ºc), se coloco o carro no standard, eco, pé leve, e o AC em 20ºc com o vento no 2 consigo um consumo de 12kW/100km, nos dias de calor (33ºc) com as mesmas configurações meu consumo pula pra 13 a 14kW/100km

Faz sentido sim, nos dias muito quentes o BMS do carro redireciona parte da refrigeração do ar condicionado para esfriar as baterias, então pode aumentar o consumo.

Isso ocorre também nos dias muito frios (abaixo de zero), onde o BMS tem que aquecer as baterias, mas por aqui vai ser difícil isso acontecer.

Fez a viagem de Anápolis a São Paulo?
Alguns pontos de recarga rápida no caminho são: Goiatuba, Itumbiara, Uberlândia, Uberaba, Ribeirão Preto…

Fiz sim. Foi uma maravilha. Primeira viagem longa e nao tive nenhum problema. Muita sorte, sempre que parei para recarregar estava desocupado!!!

Pessoal,

eu acho o consumo do meu Dolphin GS alto.
Em quase 20 mil km, fez uma média de 14 kwh/100km.

Meu uso é aproximadamente 90% em estrada (BR 101 entre Joinville e Balneário Camboriú) porém ando no limite da via (100km/h) e com arrancadas e frenagens suaves. Nos meus veículos a combustão sempre consegui fazer excelentes médias de consumo por conta do modo de direção bastante suave.
Vi que tem vários colegas aqui com médias muito boas na casa dos 8khw/100km, e que o Dolphin da 4 rodas fez no ultimo mês 6,6kwh/100km sendo que rodou 71,5% na estrada…

Eu também sou de Curitiba e também tenho tido dificuldade para passar de 300km de autonomia. Praticamente apenas uso urbano e meu Dolphin nunca recebeu uma recarga rápida (até hoje no máx os 6kwh do wallbox normal e às vezes menos com um carregador portátil). Estou com 4500km rodados, ou seja, já passamos do período de amaciamento e rodo sempre no LARGER e ECO. Tenho chegado a 15% de bateria com 260km a 280km rodados. Trajeto maior parte do tempo plano, com 1 ou 2 adultos. Tenho zerado o Trip A a cada regarga e no painel temos feito entre 11 e 12kW/100km (o que daria certamente acima de 300km de autonomia). De duas, uma… ou o painel está apresentando alguma informação errada ou há algum problema de balanceamento na bateria (fui sorteado com uma bateria “batizada”?). Importante dizer que nos últimos dias a temperatura de Curitiba está abaixo dos 20ºC e mesmo assim continuo não conseguindo passar muito dos 300km (quando muito, chego a 310km, 320km). Considero que eu e minha esposa temos pé leve (o que é inclusive indicado pela média histórica em torno de 11,5kW/100km). Sinceramente, não sei o que pode estar acontecendo… estou pensando em dar uma passada na BYD Servopa para uma análise mais aprofundada.

@danquadros Já foi discutido isso aqui no fórum, no geral o carro rende mais quando está mais “solto”. O modo Larger fica muito acelera/pára e é mais difícil de obter uma boa autonomia (dá pra conseguir, mas requer um controle bem mais preciso do pedal do acelerador).

Estive na sua cidade com meu GS umas semanas atrás. Sua média não está ruim, mas fazia 10 kWh/100km ou um pouco abaixo na boa. Daria 400 km de autonomia, mas com 50% já completava no Wallbox do hotel.

O GS tem um problema, o painel mostra o consumo medio dos últimos 50km, demora pra ter um feedback de como estamos dirigindo e ele é um pouco impreciso mesmo. Uma coisa que eu faço muito é controlar quanto rodou a cada 10% que a bateria vai baixando, acho melhor que a média do painel. Talvez tenha pequenas variações no modo de condução seu e de de sua esposa que diminui um pouco a autonomia. Uma redução de 15% a 20% no consumo vc chegaria perto dos 380km de autonomia. Experimenta o modo Standard, muito suave na aceleração e avisa se melhorou um pouco.

2 curtidas

Também sou de Curitiba e o alcance que tenho atingido é bem parecido ao seu … também fiquei me perguntando o pq de estar fazendo tão abaixo do que o pessoal reporta. Rodo apenas na cidade, porém com 2 adultos e 2 crianças (imagino que venha a influenciar), e estou longe de fazer os 400km que mostra no painel … fazer a capacidade do imetro está mais realista.

Um detalhe, na última semana que curitiba teve temperaturas mais baixas (6ºC) o consumo aumentou bastante, foi para 14kW/100km…

Imaginei que com temperaturas mais baixas pudesse aumentar um pouco a economia, mas parece que foi o contrário…

1 curtida

Coincidentemente o meu Dolphin GS também era de Curitiba, tirado na Servopa da rua Rockefeler dia 25 de agosto de 2023, era do meu cunhado que rodou 8 mil km com o carro. Não sei se ele fez o procedimento de amaciamento corretamente, o que talvez tenha influenciado o consumo do carro, mas desde que peguei o carro, o consumo médio nunca mudou, 14kwh/100km, eu já rodei 12 mil km com ele e sempre no modo ECO, e 90% na regeneração standard e somente uma pessoa, sem carga em 80% dessa kilometragem. Testei a Larger por um tempo, mas não houve mudança e não gostei, prefiro no standard mesmo.

Minha primeira revisão está marcada para dia 7/6, vou questionar eles, já sabendo claro que vão falar que é normal, tudo pra eles é normal… Mas acho muito estranho o carro da 4 rodas, que é dirigido por um monte de gente diferente, ter uma média geral de 7,1kwh/100km e o meu fazer o dobro disso.

1 curtida

Nesse ultimo feriado voltamos de Goiania com 85% da carga. O percurso é de 190km… vim a 100/120km de velociddade… cheguei poerto de casa com 4% de bateria… tive de dar uma parada pra carregar mais uns 5% pra chegar sem medo…