Carregador de 7kW ou 11kW?

Apenas como curiosidade, vou reportar como está meu caso. Experimentei conectar meu Plus com um OBDII genérico e meio velho, usando o Car Scanner. Deixei carregando, como de costume a 2 kW, mantendo de preferência entre 60 e 70% (ocasionalmente entre 50 e 75%), quando faz sol e direciono a energia das placas fotovoltaicas diretamente para o carro, pra não sair e ter que pagar ICMS na volta…

Bem, com SoC a 63,3%, a célula com tensão mais baixa estava com 3,34V e a com tensão mais alta… 3,34V! Não havia diferença. Minhas células estão bastante estáveis e equilibradas.

Isso não quer dizer necessariamente que meu hábito de carregar a baixa potência e manter sempre o SoC entre 60 e 70% seja o único responsável por esse equilíbrio. Talvez se eu tentasse chegar a 100%, começasse a aparecer diferenças entre as células com voltagem menor e maior. Por outro lado, não é impossível que o modo como trato a bateria seja a causa, é até provável.

Mas quer dizer que, do jeito que está, as células estão bem equilibradas entre si. Seriam necessários mais experimentos.

Mas pelas experiências do Júlio, podemos supor que o BMS é esperto o bastante para não forçar demais as células “difíceis” de subir e se contentar em manter algumas com as voltagens mais baixas pra não “forçar”, quando perto de 100%. E isso é muito bom!

Por outro lado me faz reforçar minha teoria de que, mesmo com LFP, é melhor manter acima de 20% e abaixo de 80%. Isso se você quieser que sua bateria esteja quase como nova daqui a 8 anos. Se pra você ela estar com 80% da capacidade da nova depois desse tempo está OK, pode sair dessa faixa sem neuras.

1 curtida

Mano, isso não existe. Com essa interpretação pode-se criar a impressão que é ruim carregar no shopping durante um almoço.
Mas sabe o freio do seu carro? Ele faz cargas curtas na bateria todo dia.

O que precisa ser feito são três coisas:

  • não deixar a bateria abaixar de 10%
  • carregar a 100% de vez em quando pelo menos para balancear o BMS (carrego até 100% sempre que carrego em casa)
  • não usar carga rápida com frequência (DC)
2 curtidas

Sobre o objetivo do tópico eu colocaria o original mesmo de 7,4kw que na verdade carrega em uma velocidade um pouco menor.

Se vai carregar a noite o carregador de 11kw não vai te ajudar muito porque as 8h que estiver dormindo ou 10h que estiver em casa a noite o de 7kw vai ser suficiente para carregar.

Eu carrego só no fim de semana (1x por semana) e ai as vezes a flexibilidade de horário é maior ainda por não ter que sair cedo.

Porém o carregador de 11kw tem outro problema que não sei se você olhou.

Quando fala trifásico não são 3 fases de 110V.
São 3 fases de 220V. E a alguns estados não tem fase de 220V por padrão.
Ai você precisa “juntar” duas fases de 110V para ter uma de 220V.
Logo você vai conseguir ter só o carregamento de 7kw que é monofásico 220V.
Para ter o de 11kw você precisaria de um transformador, o que não compensa. Muito custo que não vai resolver sua vida.

Para estados que entregam 220V ai é mais fácil.

2 curtidas

Concordo com você. Olhando para trás, não poderia ter acertado mais ao escolher ficar em 7 kW (no meu padrão, carregando quando o carro fica entre 20 e 40%, em média 1 noite a cada 5). São muitas razões, todas positivas:

  • Instalação mais barata (menos fio, menos MO, menos wallbox novo)
  • Conservação da bateria (acho que é muito pequena a diferença, mas existe)
  • O carregamento completa sempre menos de 2 horas antes de eu sair com o carro - mínimo tempo com SOC a 100%!! Se fosse com 11kW, terminaria mais cedo, ficando mais tempo a 100%, ou teria que me dar ao trabalho de programar o início para mais tarde, o que não faria sentido.
  • Se você mora em prédio, você consumirá menos energia, deixando mais disponível para os seus vizinhos que tb estarão carregando de noite (e é impressionante como está crescendo o número de VEs no meu prédio - acho inclusive que a limitação de potência por unidade do condomínio vai passar a entrar nos regulamentos internos).

Por fim, se você tiver algum imprevisto / emergência e precisar de carga mais rapidamente, não vai ser com os 11kW que você vai resolver seu problema, melhor buscar um posto de carga rápida (tem um Shell a 1km de casa, já mapeado).

2 curtidas

Perfeito os pontos e achei top a preocupação com os vizinhos que no fundo te ajuda também porque se faltasse carga para todos você também ia pagar o projeto novo do prédio.

1 curtida

Caros colegas, não tenho conhecimento de elétrica e tenho algumas dúvidas. Preciso de uma ajuda.

Sobre o Wallbox vou pedir para instalar na semana que vem no prédio que moro em Belo Horizonte o fornecido pela BYD que acompanha o Dolphin Plus. Nesse local também gostaria de instalar uma tomada extra padrão industrial de 32A ou 16A como plano B caso ocorra algum problema no Wallbox. Em BH o padrão de cada fase é 127V.

Todo mês preciso ir à Juiz de Fora, onde o padrão de cada fase também é 127V. No aplicativo PlugShare só tem opção de carregar em AC entre 3,5Kw a 7Kw. Nenhuma opção para carregar em DC, seja na cidade de JF ou no trajeto BH>JF. Não quero depender desses locais.

Para estruturar um plano de carregamento mais seguro em JF posso utilizar dois imóveis comerciais próprios que são os locais que frequento enquanto estou rapidamente na cidade: um com rede de 220V bifásica e outro com rede de 220V trifásica. Nesses locais pretendo instalar tomadas industriais com plug de 32A ou 16A, para poder utilizar com um carregador portátil que pretendo comprar. Fico em JF no máximo 05 horas.

Esclarecido os pontos acima chego no tema do tópico: carregador de 7Kw ou 11Kw. No meu caso seria o modelo portátil.

Como relatei fico em Juiz de Fora no máximo durante 05 horas e por isso preciso comprar um carregador portátil que carregue o mais rápido possível.

Se comprasse o portátil de 7Kw carregaria somente 35Kw em 05 horas, porém de acordo com os relatos de autonomia que li do Dolphin Plus rodando no ritmo de 110km/h / 120km/h se roda aproximadamente 300km e aí vou chegar em JF com no máximo 15% de carga, talvez chegue com somente 10% e p/ voltar tranquilo para BH precisaria carregar entre 85% a 90% dos 60Kw da bateria do Dolphin Plus, ou seja, entre 51Kw a 54Kw em 05 horas.

Com essa necessidade de carregar 54Kw nas condições acima acredito que um carregador portátil de 7Kw 32A 01 fase não vai dar certo.

Por isso comecei a pesquisar a opção de um carregador portátil de 11Kw que teoricamente nas 05 horas que tenho disponível carregaria até 55Kw.

Achei o carregador portátil modelo Feyree de 11Kw 16A 03 fases ( 380V / plug industrial vermelho de 5P 16A ). Considerando que eu compre esse modelo tenho as seguintes dúvidas:

1- Respeitando as normas de segurança é tecnicamente possível montar adaptadores do plug industrial 16A de 5P que vem no carregador acima para o plug industrial 32A 3P, para o plug residencial 20A e para o plug residencial 10A?

2- Posso instalar no meus imóveis comerciais em JF na rede de 220V bifásica e na rede de 220V trifásica, as tomadas industriais de 16A com 5P para ficar compatível com a especificação do carregador Feyree de 11Kw?

3- Nessas instalações de tomadas industriais de 16A que pretendo fazer em JF, o carregador portátil Feyree de 11Kw vai funcionar, vai carregar? Ou pelo fato desse carregador ser trifásico 380V ele só funcionaria se existisse um transformador?

4- Na hipótese do carregador portátil Feyree de 11Kw funcionar nas instalações comerciais de JF na rede de 220V bifásica e na rede de 220V trifásica ( ambas supostamente com tomadas industriais de 16A ), vai carregar na capacidade máxima de 11Kw ou somente com uma capacidade menor?

5- No meu prédio residencial em BH abaixo do Wallbox é tecnicamente aconselhável instalar a tomada industrial de 16A ( nesse caso já poderia conectar o plug original do carregador portátil Feyree de 11Kw ) ou devo instalar a tomada industrial de 32A e usar um adaptador de conector industrial de 16A para industrial de 32A?

Resumindo caros colegas, eu gostaria muito de comprar o modelo portátil da Feyree de 11Kw que especifiquei acima ( ou outro modelo portátil de 11Kw que vcs possam indicar que funcione no meu caso ) para poder atender minha necessidade de carregar 54Kw em 05 horas no Dolphin Plus.

Os colegas que puderem ajudar agradeço

Abs
Regadas

Com 16A vc teria que usar 380V trifásico para chegar em 11kW. Isso vai requerer um grande e pesado transformador 220V/380V com uns 15kva, custando quase 3 mil reais (o de aluminio). Mas é a unica solução que permite essa potência com 16A. Numa rede trifásica 220V / 16A vc só conseguirá 6kW. Se for monofásica, vai dar 3.5kW.

Melhor seria 32A com 220V trifásico, se vc conseguir obter 32A, mas aí teria que ser um carregador de 32A. O que vc nunca vai fazer é trocar/adaptar o plug de 16A por um de 32A; mas você pode colocar um adaptador para tomada residencial de 20A, no caso de vc estar usando 16A.

1 - Sim, é possível, desde que você configure o carregador corretamente pra potência correta de acordo com a instalação. Porem em 220 bifasico a 10A ele vai carregar a uns 2kw, talvez até menos se considerar as perdas.

2 - Sim, porem como o @Truc_dp disse, você não vai conseguir os 11kw com a sua rede eletrica. No trifasico com tensão entre fases de 220V e corrente de 16A, vc vai conseguir 7kw.

3 - Não posso afirmar com 100% de certeza, mas acredito que funcione, mas com potencia reduzida. Precisaria ver na especificação se tem uma tensão de corte que ele deixe de funcionar. Mas acredito que no 220 bifasico ainda funcione, só não vai funcionar no 110 monofasico.

4 - funciona com capacidade menor.

5 - Supondo que no seu predio seja trifasico tambem e voce não prevê trocar de carregador, o de 16A é o suficiente pro que voce vai usar. Mas seria interessante utilizar a instalação de 32A, e utilizar um adaptador no seu carregador de 16A. Caso no futuro você precise utilizar um carregador bifasico de 32A, vc não vai precisar substituir fiação e tomada.

Obs: nos seus cálculos você esta usando os valores teóricos… na pratica não é assim, existe perdas de potencia no carregador e perdas de potência no inversor do carro que transforma em DC e carrega a bateria… por exemplo, meu wallbox do carro, na teoria ele é de 7kw, mas na prática o que chega pro meu dolphin plus é 5,5Kw. Como você disse que tem pouco tempo em JF, isso vai fazer bastante diferença. Outra coisa que vai te influenciar bastante é o relevo do seu trajeto. Minas tem bastante montanhas, então acho que não da pra usar as médias que tem na internet.

Adicionaria somente que eu compraria um carregador de 32A em vez de um de 16A, custa um pouco mais, mas vc pode usar um carregador de 32A em uma rede com 16A, enquanto o vice-versa não é possível. E vc vai descobrir que é mais facil conseguir 32A que 380V para chegar nos 11kW. E te dá mais flexibilidade/potência para usar em outros lugares.

Tenho um plus, ando com frequência um treino de 200km, já fiz com 40% andando a 90km/h, 50% andando a 10km/h e 60% a cima de 110km/h

Não ande acima de 120, e considerado abuso no manual

Onde vou fico por 3h, uso carregador portátil da degree de 7kw, mas o máximo que carrega é 6k

Na média da 10% por hora, coloco 30% e volto para chegar com margem boa de segurança

Olha, dei uma pesquisada e encontrei esse aqui, parece bem completo, funciona praticamente com qualquer tensão. E se vc mandar 220V com 32A vc vai conseguir os 11kw…

Acabei de encontrar este item incrível no AliExpress. Dá uma olhada!
R$1.085,43 51%de desconto | Feyree-Estação de Carregamento Portátil EV para Carro Elétrico, Caixa de Carregamento, Wi-Fi, Controle APP, EVSE, Type2, 22KW, 32A, 3Phase

O plus tá vindo com wall box? Se sim, deve ser o mesmo do GS. Aí é só comprar pronto um quadro de protecao ga greenv, de R$ 728 e o custo do fio ate char lá, ate 20 m, de 6 mm e se mais longe 10 mm.

Inicialmente gostaria de agradecer aos colegas pela ajuda. É muito bacana esse fórum. Nesse assunto de elétrica sou leigo, mas em outros temas espero conseguir dar minha contribuição.

Lendo todos os comentários ficou claro que é melhor desconsiderar a compra do modelo portátil de 11Kw 16A trifásico 380V e partir para uma outra opção que seja de 32A.

Como a opção do portátil de 7Kw 32A 1 fase na prática conforme explicado pelos colegas carrega somente entre 5.5Kw a 6Kw, vou continuar desconsiderando essa opção, pois nas 05 horas que tenho disponíveis carregaria somente entre 28Kw a 30Kw e eu preciso carregar aproximadamente 54Kw da bateria do Dolphin Plus p/ voltar de JF para BH, isso considerando que vou conseguir nesse trecho uma autonomia de 300Km. Só vou saber se a autonomia será essa quando fizer a primeira viagem p/ JF.

Pelo que entendi o modelo portátil Feyree 22Kw 32A indicado pelo colega Roluber e o modelo portátil K.H.O.N.S. 22Kw 32A do link anexo, de acordo com as especificações funcionam com 3 fases e também com 1 fase.

Na minha visão esses 02 modelos resolveriam o problema de ficar dependendo somente de ter uma rede trifásica de 380V. Um problema a menos pois a rede padrão de BH e de JF é somente de 127V por cada fase.

Observei que a especificação do plug que vem originalmente nos 02 modelos é 32A com 5 pinos na cor vermelho.

Considerando essas especificações acima do carregador portátil de 22Kw 32A plug 5 pinos fiquei com as seguintes dúvidas:

1- No endereço do meu imóvel comercial em JF onde a rede é de 220V trifásica ( cada fase com 127V ), instalando nesse local somente a tomada industrial de 32A 3P+T+N vou com esse carregador portátil conseguir carregar o Dolphin Plus em11Kw/h?

2- Considerando que o plug desses 02 modelos de carregador portátil são de 32A com 5 (cinco) pinos, a tomada industrial de 32A que precisarei instalar nesse local em JF seria do modelo “3P+T+N 63A (6H)” ?

3- No prédio em BH onde vou instalar o Wallbox que vem com o carro, a tomada industrial extra de 32A do plano B que vai ficar logo abaixo do Wallbox também deve ser do modelo “3P+T+N 63A (6H)”?

4- Li que em alguns pontos de apoio aos usuários localizados nas rodovias pedagiadas existe disponível tomadas padrão industrial de 32A. Alguém do fórum já utilizou e saberia informar se é no padrão 2P+T ou no padrão 3P+T+N?

5- Nos locais onde existe uma tomada industrial no padrão 2P+T ( visualmente só tem 03 buracos ) para que seja utilizado o carregador portátil de 22Kw 32A que vem com plug de 32A mas com 5 pinos, será necessário um adaptador, correto? Esse adaptador é tecnicamente possível?

6- Na hipótese de conectar o carregador portátil de 22Kw especificado acima em uma tomada de 32A de 2P+T utilizando um adaptador, vou conseguir carregar em 11Kw/h?

Espero que essas dúvidas também ajudem outros colegas do fórum a analisar a viabilidade de compra dos carregadores portáteis de 22Kw 32A mesmo que seja p/ utilizar somente 11Kw nos locais onde não existe a possibilidade de se conectar a rede de 380V trifásica.

[Acabei de encontrar este item incrível no AliExpress. Dá uma olhada! R$1.223,23 Ganhe 51% de desconto | Khons-Carregador de Carro Elétrico Portátil, Estojo de Carregamento, EV, Tipo 2, 7kW, 11kW, 22kW, 16A, 32A, Trifásico, Cabo Carregador de Carro Elétrico 262.84€ 51% OFF|Khons ev tragbares ladegerät type 2 khons 22kw ladegerät ladegerät 16a 32a dreiphasiges elektrisches auto ladekabel](Acabei de encontrar este item incrível no AliExpress. Dá uma olhada! R$1.223,23 Ganhe 51% de desconto | Khons-Carregador de Carro Elétrico Portátil, Estojo de Carregamento, EV, Tipo 2, 7kW, 11kW, 22kW, 16A, 32A, Trifásico, Cabo Carregador de Carro Elétrico 262.84€ 51% OFF|Khons ev tragbares ladegerät type 2 khons 22kw ladegerät ladegerät 16a 32a dreiphasiges elektrisches auto ladekabel)

Olá @Regadas, só uma opinião: você precisa antes de mais nada saber qual é a sua autonomia. Digo sua, pois a autonomia pode variar enormemente devido a alguns fatores, como topografia ou velocidade (como vc já destacou). Mas o principal fator é o motorista. Um exemplo pessoal: Tenho um GS e logo que peguei o carro fiz uma viagem de 240 km com consumo de 17 kW/100km, cheguei com 12% de bateria. Refiz essa mesma viagem ontem. O carro consumiu 11 kW/100km e cheguei com 33% de bateria. Se você não se importar em ser suave com acelerador e em usar técnicas com coasting provavelmente um portátil de 7kWh atenderia com uma carga de 5 horas, ainda mais com o Plus que tem mais autonomia. Talvez valha a pena comprar só um portátil por enquanto e fazer instalações mais definitivas somente depois que você tiver mais informações usando o carro com seu estilo de direção.

Júlio, refiz as contas e para o trecho BH > JF até o local exato onde poderei utilizar o carregador portátil vou precisar rodar 277km. Antes tinha feito o cálculo só de uma parte da viagem de 255km. Quanto vai consumir da carga da bateria nesse trecho de 277km ainda não sei, pois vou receber meu carro somente amanhã e minha primeira viagem a JF será dia 24.

Com a realidade de precisar rodar 277km sem carregar, a situação piorou ainda mais. Baseado em uma autonomia total até zerar de 300km para o meu ritmo de viagem, chegaria com carga de apenas 8%.

Alterando consideravelmente a minha forma de conduzir, pode ser que eu consiga uma autonomia a mais de aproximadamente 20%. Vc e o colega Murilo conseguiram essa diferença ( 21% / 20% ). Aí eu poderia considerar uma autonomia até zerar de 360km.

Porém mesmo com essa cenário de economia eu consumiria 77% da carga da bateria ( 277km/360km ). Chegaria em JF com 23% de carga. Isso no cenário mais otimista e tomando suco de maracujá ( rss )para viajar bem calminho, no ritmo de passeio com a família

Carregando no portátil de 7Kw a 5,6Kw nas 05 horas vou carregar 28Kw. Somando com os 23% que sobrou de carga equivalente a 14Kw, eu teria 42Kw para voltar. Isso representa 70% da carga. Nessa conta não vou conseguir retornar, pois mesmo rodando “calminho” calculamos gastar 77% da carga na ida. Eu iria zerar a bateria antes de chegar em BH. Obs: na volta ainda tem o agravante do trecho ter muita subida. Vai consumir mais com certeza.

Se os cálculos que fiz estiverem certos o carregador de 7Kw infelizmente não vai me atender, mesmo viajando bem tranquilo e carregando as 5 horas em JF.

Também viajo de BH > Manhuaçu onde pretendo fazer o mesmo esquema de carregamento de JF. São 294km, topografia de muita subida e fico lá somente 03 a 04 horas. Situação ainda pior que JF. Como dizemos em MG, o trem está complicado rss

Precisaria insistir na alternativa de tentar carregar mais rápido nesses locais. Com a ajuda dos colegas do fórum primeiro preciso esgotar a possibilidade de resolver a situação utilizando o carregador portátil de 22Kw 32A sugerido pelo colega Rolumber com as especificações da minha mensagem anterior.

Ainda não tenho a certeza que o carregador portátil de 22Kw 32A vai carregar a 11Kw na rede de 220V trifásica ( cada fase com 127V ). Existem anúncios com essa configuração da marca Feyree, K.H.O.N.S. e GreenV. Todos divulgam que funcionam em 380V trifásico e que também funcionam na rede 220V com 01 fase, mas talvez aí tenha uma “pegadinha” a qual relatarei no final p/ pensarmos juntos.

Hoje fiz contato com o Alexandre do canal GreenVmobilidade sobre o modelo GV22-2Pro 22Kw 32A. Perguntei se o modelo citado na rede de 220V trifásica ( cada fase com 127V ), com tomada industrial de 32A, vai carregar a 7Kw ou 11Kw. Ele respondeu que irá funcionar a 7Kw! Achei estranho e continuei a pesquisa.

Fiz contato com o canal oficial da GreenV no Brasil com o Gustavo. Inicialmente ele respondeu que iria carregar a 11Kw. Informei que estava divergente da informação do Alexandre e ele ficou de consultar o departamento técnico para poder responder depois. Avisei que a resposta eu iria compartilhar no fórum.

Ainda buscando esclarecer o assunto contactei um profissional formado na área e acostumado a lidar com produtos importados. Mostrei a foto do carregador de 22Kw 32A que o Rolumber colocou no fórum. Observem que está escrito o seguinte:

“Input/Output Voltage: 85-264V ( L - N )
380V ± 20% ( L- L )

A informação que ele me passou e que compartilho com vcs foi a seguinte:

380V ± 20% ( L- L ) : se a rede for de 380V trifásica ( cada fase com 220V ) esse carregador funciona a 22Kw sem transformador. L - L: Fase - Fase. Ok, já havia lido sobre isso, mas não é o caso de Juiz de Fora e nem de Manhuaçu. Somente alguns estados específicos tem essa rede disponibilizada.

85-264V ( L - N ): nesse caso funcionaria em 220V 01 fase, mas possivelmente somente nas redes nas quais cada fase for de 220V. L - N: Fase - Neutro. Ele tem equipamentos ( Ex: No-Break ) com essa mesma especificação de voltagem ( 85-264V ( L - N ) que simplesmente não funcionam se a rede não for de 380V com cada fase de 220V, mesmo utilizando Fase - Neutro.

Diante dessa nova informação continua a pergunta a qual gostaria da ajuda dos colegas para tentar descobrir:

“Os carregadores de 22Kw 32A trifásicos que divulgam também funcionar com 01 fase, carregam a 11Kw se a rede for com cada fase de 127V? Ou só carregariam a a 7Kw? Ou nem funcionam?”

Essa é a dúvida principal para saber se comprar o carregador portátil de 22Kw vai ser útil para ser utilizado em uma rede de 220V onde cada fase for de somente 127V

Não me leve a mal, eu sei que cada um pensa de um jeito, eu no seu lugar resolveria isso fácil com um carro a combustão, parece pecado falar isso nesse fórum, mas chega me dar taquicardia o tanto de conta que se faz para tentar fazer o carro atender a necessidade. Eu tenho o meu e estou super satisfeito com ele na cidade. Carnaval chegou, fui fazer uma viagem de 100 km e nem pensei, botei a família e as malas no carro a combustão e fui tranquilo, mesmo sabendo que daria para ir e voltar sem carregar o Dolphin. Claro que essas contas pra mim gera estresse e para outras pessoas é diversão. Por isso que disse no início, cada um pensa de um jeito.

2 curtidas

Tambem tive essa mesma duvida, sobre os 380V +/- 20%… porem vi uma das fotos do anúncio que me esclareceu…

Ah não ser que tenha alguma pegadinha, deve funcionar.
Tambem tenho quase certeza que se colocar as 3 fases de 127V no carregador ele vai reconhecer do jeito que ta a foto ai… 220V em cada fase, pois a diferença de potencial entre cada uma é 220V

Lembrando que há em JF há um Audi Center com carregador ultra rápido (a exorbitantes 3,50 R$/kWh) que pode servir para completar sua carga antes de ir embora, caso não encha a bateria com seu carregador portátil no tempo disponível.

No meu caso eu gosto de analisar, fazer as contas, planejar os locais de recarregar. É uma terapia. Diversão mesmo, de boa.

Estou entrando nesse universo de usar carro elétrico pelo desafio de vivenciar o início de uso de uma nova tecnologia, mas com certeza seria muito mais prático entrar no meu carro a combustão e simplesmente pegar estrada sem sequer pensar quando e onde abastecer.

A uns dias atrás fui de BH > Poços de Caldas ( 470km ) e me distraí no caminho mapeando e verificando in loco todas as opções de carregamento p/ quando chegasse meu Dolphin Plus. Nesse trajeto por exemplo é super tranquilo. Tem 03 carregadores DC no trecho e 01 DC em Poços.

Infelizmente não tenho conhecimento técnico para ajudar nessa interpretação. Espero que seja dessa maneira. Resolveria meu problema. Vou preparar um e-mail com essa dúvida e enviarei para os 03 fabricantes na China.