Como prolongar a vida útil da bateria de tração?

** Dados obtidos do manual de Manutenção **

1 - Evite recarregar excessivamente a bateria, caso o veículo tenha trafegado apenas uma curta distância sem diminuição significativa da sua carga, não o recarregue por muito tempo. A descarga excessiva tam bém afetará a eficiência e duração da bateria de tração;

2 - Não permita que o veículo fique parado por um longo período na con dição de carga muito baixa. Isto poderá causar a sulfatação da bate ria e afetar seu desempenho; certifique-se de que a bateria de tração seja plenamente carregada ao menos uma vez por semana com dis positivos de recarga AC;

3 - Caso o veículo não seja utilizado por um longo período, recomenda-se a recarga da bateria até a condição de 100% da capacidade e, em seguida, descarregar a bateria até a condição de 40% a 60% pela operação do sistema de ar-condicionado. Se o veículo for armazenado por mais de 3 meses, a bateria de tração deverá ser recarregada mensalmente, caso contrário, poderá apresentar descarga excessiva e isto poderá afetar a sua eficiência. Além disso, nesse caso, o veículo poderá perder a sua cobertura da garantia;

4 - Recarregue o seu veículo no momento adequado. Sempre que o pai nel de instrumentos indicar a necessidade de recarga da bateria, loca lize uma estação d

4 curtidas

Em outras palavras, temos que preservar assim como preservamos a bateria de um celular. Nosso carro é um “celularzão” de quarto rodas. :metal:t2:

1 curtida

Eles poderiam ser mais específicos no item 1. O que é “curta distância” e “diminuição significativa da sua carga”?

Cara não precisa ser tão específico, o que ele está dizendo e para não ficar recarregando depois de ter consumido só 10%,20% ou 30% de bateria, de preferência para recarregar quando estiver faltando 20% 30% da bateria e de uma carga completa, assim já estará muito bom, pois abaixo de 10% já e considerado uma descarga profunda que só deve ser realizado com 70 mil km ou 6 meses

2 curtidas

Ontem fiz uma recarga usando o Wall box de casa. A bateria estava com 77% e carreguei até 100%. Coloquei um scanner no Golfinho e registrei algumas informações durante a carga. Segue o resumo:

image

Pelos dados obtidos podemos chegar a algumas conclusões interessantes:

  1. O carro carregou em média a 5,8kW. Nesta potência não fez nem cosquinha na bateria, a temperatura subiu apenas 2 graus. Um carregador de 11kW em uma bateria maior do Plus certamente não teria problema algum também. Já carregar em uma potência mais baixa não faria muita diferença na longevidade da bateria, só aumentaria o tempo de carga.

  2. O BMS (gerenciador da bateria) do Dolphin tem um algoritmo de carga absolutamente típico e clássico para baterias LFP: um periodo de CC (Constant Current) até 95% e depois um período de CC+CV (Constant Current + Constant Voltage) até 100% (Fonte: How to charge Lithium Iron Phosphate lithium ion battery packs including packs with high current and High Capacity.)

  3. Sabendo disso, podemos usar as informações de outras baterias LFP disponíveis no mercado para estimar a longevidade da bateria, pois os parâmetros são muito parecidos.

  4. Por exemplo, qual efeito de carregar a bateria abaixo de 100%? Se carregar a bateria até 70% temos uma expectativa de dobrar a vida útil (6000 ciclos) (Fonte: Ultimate Guide to LiFePO4 Voltage Chart - Jackery).

  5. Podemos usar o DoD (profundidade da descarga) clássico para estimar a vida útil também. Por exemplo, mantendo um DoD de 50% aumenta vida útil da bateria mais de 3 vezes (10000 ciclos) (Fonte: Lithium Iron Phosphate Battery – PowerTech Systems)

No meu caso, não gosto de limitar a carga máxima abaixo de 100% por dois motivos. Primeiro, deixo carregando a noite e seria um saco ter que levantar da cama para desconectar a bateria. Segundo, sempre ficaria com uma autonomia mais baixa, que pode me atrapalhar caso precise ir de maneira inesperada para São Paulo por exemplo.

Prefiro a estratégia de manter o DoD em 50%. Tenho a comodidade de carregar 100% e só recarregar quando chega a 50%, evitando baixar mais do que isso. Fico com o carro na maior parte do tempo carregado e a bateria do Golfinho provavelmente vai durar mais do que eu.

5 curtidas

Alguns pontos no meu caso:

  • Eu só tiro meu carro da tomada com 100% de carga.
  • Só carrego em wallbox de casa, 5.8kw.
  • A carga mais rápida que dei nele, foi na rota 60, caminho de Brasília para Goiania, 30 minutos em 30kw.
  • Rodo na grande maioria das vezes até 30% ou 25% no máximo e já espeto na tomada até os 100%. (algumas situações, entre 50% a 60%, preciso carregar pq sei que vou precisar percorrer distâncias maiores e, por segurança, recarrego de novo)
  • A autonomia do carro está mantendo uma média de 310km (restando 20% a 25% de energia) sempre mostrando no painel a possibilidade de rodar aproximadamente mais 100Km, ou seja, em todas as minhas recargas no meu modo de condução, conseguiria atingir facilmente 390km, 400km se utilizasse até uns 5% por aí.
1 curtida

Bom, acho que limitar a carga em 80% , como pode ser feito nos smartphones por exemplo é impraticavel e nao é sugerido em nenhum local do mnaual do veiculo. Ja li que os carros da Tesla com bateria LFP a tesla tambem nao recomenda limitar a carga em 80%. Alem disso , se fosse algo relevante para prolongar a vida util da bateria dos nossos veiculos acho que nao custaria nada a BYD implementar uma funcao para limitar a carga . Entao isso ate o momento é totalmente impraticavel e nao ha diretriz nenhuma da montadora wue seria uma boa pratica.

Pelo que entendi entao o relevante seria evitar que o veiculo fique muito tempo sem usso. E evitar recarregar o veiculo apos pequenos usos. E obviamente evitar ao maximo uso de recarga rapida.

Essa indicacao para recarregar o veiulo aparece quando a carga da bateria esta em quantos %?

Procurando no manual do proprietario e no de manutencao, nao encontrei nenhuma informacao de uma faixa ideal de carga para aumentar a longevidade bateria tipo de 50% a 80% , como eémais ou menos nas baterias dos smartphones. Entao pelas diretizes da BYD nao vejo nenhum obsequio a recarregar as baterias a 100% todos os dias.

No entanto, baseado puramente no meu achismo, evitaria deixar a carga da bateria abaixo de 30%.

Tava lendo os links que o Júlio mandou

Nesse aqui: Lithium Iron Phosphate Battery – PowerTech Systems

E especificamente nesse chart;

Ele não está querendo dizer que mesmo com pequenas descargas, já deveríamos recarregar a 100% de novo, e assim aumentaria os ciclos e vida útil?

Me parece que quantos menos descarregar… melhor

1 curtida

Procurando no manual do proprietario e no de manutencao, nao encontrei nenhuma informacao de uma faixa ideal de carga para aumentar a longevidade bateria tipo de 50% a 80%

Não tem mesmo. O manual é muito escasso de informações e até mesmo contraditório, no manual de manutenção recomenda não carregar depois de curta distância. Já no manual do proprietário recomenda recarregar regularmente. Tanto “curta distância” quanto “regularmente” são vagos e não esclarecem se pode carregar todo dia por exemplo ou quais são as porcentagens de carga.

As baterias LFP não são nenhuma novidade, existem a mais de 25 anos. As informações colocadas aqui são baseadas em dados objetivos, evidências e recomendações de fabricantes desse tipo de bateria.

Essas baterias são amplamente utilizadas em sistemas estacionários que as mantém sempre carregadas em 100% e mesmo assim duram mais de 20 anos. A própria BYD venda a Blade para esse tipo de sistema.

Mas como já comentaram em outro tópico, temos o trauma das baterias de celular. A bateria Blade é completamente diferente e foi projetada para durar muitos anos. A gente não precisa ficar muito preocupado com esses detalhes. O principal é evitar descargas profundas (deixar para recarregar com 10% por exemplo) e evitar altas temperaturas, como deixar o carro no Sol. E isso está claro no manual.

1 curtida

Então, esse gráfico eu também não entendi, mas acho que esse outro está bem mais claro:

Aqui dá para ver que a máxima vida útil da bateria acontece com um DoD em torno de 60%, ou seja, utilizando a bateria de 100% a 40% e recarregando ou de 90% a 30% e recarregando. Com um DoD de 60% o número de ciclos da bateria fica em torno de 5000 . Para normalizar tudo em relação a um DoD de 100% podemos fazer a seguinte conta 0.6 * 5000 = 3000 ciclos de de a 100% para um DoD de 60%.

Então para prolongar a vida últil de bateria devemos sempre procurar recarrega-la quando chegar em torno de 40% de carga, considerando-se que sempre a recarregamos até 100%.

A questão de não recarregar até 100% é porque conforme aumenta a carga da bateria aumenta a tensão nas células, mas como na bateria LFP a tensão é intrinsecamente baixa, isso não é algo muito relevante.

Então o que o Júlio tinha publicado de esperar chegar a 50% e recarregar até 100% é a melhor prática em termos de compromisso praticidade / economia para os nossos veículos.

Fonte:

lifepo4-battery-depth-of-discharge

Abraços.

6 curtidas

Me parece que esse gráfico diz a mesma informação do que postei acima

Com MENOR DOD (profundidade de descarregamento) MAIOR a quantidade de ciclos

Por exemplo…

Com DOD de 20% tem 7 mil ciclos

Com DOD de 80% tem 3 mil ciclos

O que acham?

O que o pessoal deixa passar é que em questão de tempo, dá praticamente na mesma.
Se voce carregar a bateria toda vez que chegar a 80%, dependendo do seu uso diário, vai carregar todo dia. Se carregar quando o carro chegar em 40%, vai carregar a cada 3 dias.
Então, pensando no tempo de vida útil, dá quase na mesma.
O que parece ser unânime por todos os especialistas é evitar deixar a carga baixa demais. Logo sempre que possível, tentar carregar o carro antes da bateria chegar em 30%.

@Driver, só um esclarecimento adicional, um ciclo por definição é o equivalente a uma carga completa, e não cada vez que você pluga o carregador.

Assim, se faz recarga por exemplo de 80 a 100% foi apenas 1 quinto de um ciclo para efeito de cálculo de longevidade. Nesse exemplo, 3000 ciclos significaria carregar o carro 15 mil vezes.

2 curtidas

Bom já está descrito e recomendado pelo fabricante no manual para EVITAR carregar a bateria com curto espaço de tempo, quer dizer, bateria estava com 100% rodou pouco e já põe para carregar, deduzo o pouco de espaço de tempo com a bateria EStando com 70%, 80% ou 90% sejam um curto espaço de tempo, eu procuro carregar o carro quando a bateria está entre 50% a 30% de carga, mas do que isso vou rodando e evito deixar chegar abaixo de 20% e sempre deixo carregar até 100% sempre que possível

2 curtidas

Só uma curiosidade:

Se a LFP existe a mais de 25 anos, é mais durável, mais segura e mais barata que outras tecnologias de bateria, por que outras montadoras como Tesla ou VW não usavam essa bateria desde sempre?

É que a densidade energética da LFP é mais baixa. Isso quer dizer baterias mais pesadas e autonomia menor. A sacada de mestre da BYD foi a Blade, que permite “grudar” uma celula na outra, ainda por cima funcionando como reforço estrutural. Esse sistema" Cell to Body" da BYD reduz o peso final pois não precisa de módulos e estrutura de aço para suportar as baterias, assim as LFP passaram a ser uma alternativa competitiva.

Se fosse a Tesla a criadora da Blade, estaria sendo ovacionada mundialmente. Mas como foi uma chinesa desconhecida pelo mundo ocidental, não se houve falar nada…

3 curtidas

Além dessa recomendação que está na sessão 1-18 não encontrei outras recomendações sobre forma de recarga para aumentar a vida útil… você encontraram mais alguma?

Onde achou? Me ajudem

1 curtida

Pelo que entendi e é a unica interpretacao que vejo algum sentido é que por exemplo: com um DoD de 60% a bateria faz 5000 ciclos de 100% a 40% antes de ser recarregada. Dessa forma, fazer uma comparacao com a capacidade total da bateria equivaleria a realizar 5000 * 0.6 = 3000 ciclos de 100% a 0%.

@lucas, não é isso não… Não existe ciclo de 100% a 40%.

Um ciclo sempre é o equivalente a uma carga de 0 a 100%. Se fez um DoD de 60% não fez um ciclo completo, ainda falta uma carga de 40% para fechar o ciclo.

5000 ciclos é sempre maior que 3000 ciclos, pois ambos consideram carga completa. Baixo DoD aumenta número de ciclos e a longevidade em baterias LFP, pode pesquisar.

Acredito. Mas entao os graficos nao tem nenhuma relacao com o texto dos artigos, nao faz sentido.